sexta-feira, julho 12, 2024
DESTAQUENotícias

Sindsef presente na greve dos servidores em educação do IFRO

A adesão e apoio ao movimento grevista dos docentes e técnico-administrativos do Instituto Federal de Educação – IFRO iniciada no dia 3 de abril, tem crescido, em Rondônia. Nesta quinta-feira (11/04), representantes do Sindicato dos Servidores Públicos Federais no Estado de Rondônia – Sindsef/RO, acompanharam a agenda de greve no campus Calama.  

De acordo com a diretora do Sindsef/RO, Flávia Hiromi Takahashi, que também é membro da Direção Nacional do Sinasefe, a situação dos servidores em educação é crítica, os técnicos administrativos (TAES) recebem os menores salários da folha federal e o vencimento dos professores iniciantes não alcança o piso nacional dos docentes.

Maria Rita Berto, que está na Coordenação do Comando de Greve do Sinasef Porto Velho, explica que a greve conta adesão crescentes dos servidores dos campus Porto Velho/Calama, campus Porto Velho/Zona Norte, reitoria, campus Guajará-Mirim, campus Ariquemes, campus Colorado do Oeste e campus Ji-Paraná.

  Integrante do Comando de Greve do Sinasef Porto Velho , Willian Nogueira,  destaca que o resultado da última reunião da Mesa de Negociação realizada na quarta-feira (10/04), foi negativo. “As negociações não avançaram e os servidores dos institutos federais permanecem em  greve em 21 estados, por tempo indeterminado”, confirmou.

Dentre as principais pautas, a categoria reivindica por reestruturação das carreiras, recomposição salarial, revogação de medidas que prejudicam a educação e recomposição do orçamento das instituições educacionais, com reajuste imediato dos auxílios e bolsas de estudantes. A deflagração da greve foi ratificada na 188ª PLENA, realizada em 27/03.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *